quarta-feira, março 17, 2010

Frio...

"Nevermind that she saw herself as always alone, despite the many people in her life"

Isso ficou preso na minha cabeça..
Será assim? Sera que não percebo os que estão perto de mim? Sera que os desprezo e sou solitária por opção? Sera que não somos todos assim? Sera que toda essa solidão não é nossa criação? Não sei.

Era bom ter certeza do que eu queria, ou pelo menos querer algo o suficiente para retirar outros pensamentos da cabeça... Eu quero mesmo a UNESP?
Hmm, em anos tinha um post bom na idéia, mas agora que estou aqui, outra coisa veio me distrair...
Agora o não é pra mim tambem... Ah tá tocando Vento no Litoral, dificil pensamentos positiv0s... Coontinuando...

Se eu não quiser UNESP estaria explicada a minha falta de vontade de ir para o cursinho. Porra, minha vida inteira eu estudei durante a manhã, não é impossivel acordar, é dificil, muuuito dificil, mas não impossivel... E ultimamente esta sendo impossivel... E mesmo assim, se eu acordar e assistir a aula, ainda não se aprende só ouvindo [eu não] e é assim que eu estou tentando "aprender" porque esforço da minha parte não estou vendo nenhum... E tem os concursos publicos, mas pra estes tambem é necessário estudo... E again, nothing... Humpf...

Aquele menina de 2007 não esta mais aqui, ou pelo menos, eu não consigo encontra-la, não consigo acreditar no que ela disse. Não é exatamente o que ela acredita que me incomoda... O que me incomoda é: Porque eu preciso de um outro alguem pra ser feliz? Por que eu tenho que depender de uma conversa, de uma mensagem pra sorrir durante o dia? E se não tenho isso é tão dificil ficar bem? Vai ver eu é que não sei amar... Nem a mim e é por isso que tenho a sensação de estar sempre incomodando...

Mas... Sinceramente? Eu sempre incomodo. De um jeito ou de outro...

Nenhum comentário: